Saiba tudo sobre o Saque-Emergencial FGTS

Autorizado pela Medida Provisória nº 946 de 07/04/2020, é o Saque Emergencial é um direito de todo titular de conta do FGTS com saldo, incluindo contas ativas e inativas, no valor de até R$ 1.045,00 por trabalhador, podendo ser feito até 31 de dezembro de 2020.

Formas de Sacar

O pagamento do Saque Emergencial FGTS é realizado exclusivamente por meio de crédito em Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela CAIXA em nome do trabalhador. A movimentação do valor do saque emergencial pode, inicialmente, ser realizada por meio digital com o uso do aplicativo CAIXA Tem, sem custo, evitando o deslocamento até as agências.

Assim que é creditado na poupança social digital, é possível pagar boletos ou contas, ou utilizar o cartão de débito virtual e QR code para fazer compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos, tudo por meio do aplicativo CAIXA Tem.

O valor também pode ser sacado ou transferido, mas existe um calendário de disponibilização do recurso de acordo com o mês de nascimento. O trabalhador pode transferir o recurso para contas em qualquer banco, sem custos, ou realizar o saque em espécie nos terminais de autoatendimento da CAIXA e casas lotéricas, utilizando o código que deve ser gerado no aplicativo CAIXA Tem.

Canais de consulta

É possível consultar o valor do Saque Emergencial FGTS e a data em que o recurso será creditado na Poupança Social Digital por meio dos seguintes canais:

  • APP FGTS
  • Site da caixa.
  • Central Telefônica CAIXA 111, opção 2.
  • Internet Banking.

Calendário

O Saque Emergencial FGTS teve início em 29 de junho de 2020 e, desde então, está sendo realizado através da Poupança Social Digital conforme calendário a seguir:

Este calendário foi estabelecido com base no mês de nascimento do trabalhador e contém a data que corresponde ao crédito dos valores na Poupança Social Digital, quando os recursos poderão ser utilizados em transações eletrônicas e a data a partir de quando os recursos estarão disponíveis para saque em espécie ou transferência para outras contas.

Se a Poupança Social Digital não sofrer movimentação até o dia 30/11/2020, os valores retornam automaticamente à conta FGTS do trabalhador com as devidas correções.